Seja bem-vindo ao Simple Plan Brasil! Nós somos um site brasileiro sobre o Simple Plan com objetivo de difundir notícias, vídeos e conteúdos da banda. Este site é feito de fãs para fãs, ainda sem vínculos com integrantes da banda, mas temos apoio da Warner Music Brasil [+]

19765048_1460065620706528_4642633680156622848_n.jpg
49.jpg
42.jpg
44.jpg
43.jpg
46.png

Últimas Imagens

Billboard conta detalhes do show do SP em Nova York

No dia 25 de março o Simple Plan se apresentou em Nova York pela segunda vez com a No Pads, No Helmets… Just Balls Tour, e a Billboard não deixou passar a oportunidade de fazer uma review sobre o show.

Nela, um dos maiores sites sobre o mundo da música, contou detalhes daquela noite destacando principalmente a interação da banda com os fãs e a nostalgia que esta turnê de 15 anos do primeiro álbum trouxe ao público, em especial ao mais velhos. Leia abaixo a tradução feita pela nossa equipe:

A banda canadense se apresentou no PlayStation Theatre de Nova York no sábado, 25 de março.

Se você cursou o fundamental ou ensino médio no início dos anos 00, você definitivamente ouviu Simple Plan em algum momento – não minta, você sabe que a letra de I’m Just A Kid já foi seu status no Messenger pelo menos por alguns dias. Para aqueles de nós que se deram conta de que estão realmente velhos, a banda de Montreal está atualmente em turnê para comemorar o 15º aniversário do seu álbum de estreia, No Pads, No Helmets… Just Balls, e desembarcou no PlayStation Theatre de Nova York, no sábado 25 de março. (OBS: esta é a segunda vez que a banda aparece em NY nesta turnê, a primeira apresentação deles foi no dia 10 de março).

A setlist consistia em todo o álbum do começo ao fim, com um bônus das sete músicas mais populares de outros álbuns. Todos na plateia sabiam cada palavra, gritando-as quase tão alto quanto a banda estava tocando. Os espectadores realmente abraçaram a cultura do show pop punk com vários mosh emergindo da multidão, e um fluxo interminável de “surfistas” na multidão indo em direção da banda, onde os integrantes da mesma faziam high-five com eles, e então seguiam de volta para seus assentos.

O vocalista Pierre Bouvier na maior parte do show saudou a multidão dizendo, “15 anos, vocês acreditam?! Toda vez que eu digo isso, só faz com que eu me sinta cada vez mais velho. Mas tudo bem, porque eu ainda tenho alguns fios de cabelo”. Este humor continuou com o resto do show, permitindo que o público se divertisse com as memórias da sua infância e adolescência. Os cinco membros (Bouvier, Jeff Stinco, Sébastien Lefebvre, David Desrosiers e Chuck Comeau) se apresentaram indubitavelmente sendo eles mesmos, cada um fervendo entre as canções, e pulando nas plataformas espalhadas pelo palco.

Um destaque foi quando o baterista Chuck Comeau pulou da bateria, permitindo que Bouvier tomasse o seu lugar, e foi à frente do palco para fazer um discurso sincero. “Eu nunca cheguei a falar mas eu só queria falar isso: começamos esta banda no porão da minha casa em Montreal”, ele começou. “Nós éramos apenas cinco melhores amigos do colégio, mal falávamos inglês, e nós tínhamos o sonho de ter pessoas cantando as nossas músicas, de viajar ao mundo e de tocar na cidade de Nova York! É uma honra vir aqui e fazer isso por todos”.

Ele terminou dizendo: “Vamos voltar pra época de 2002”, e em um momento ele correu e mergulhou na multidão, que o segurou e ajudou para que ele voltasse ao palco.

Bouvier acabou o show dizendo: “Tem sido uma jornada incrível. Fizemos isso por quase metade das nossas vidas. Estivemos em alguns lugares incríveis, tocando para belas multidões como vocês. A única razão pela qual, 15 anos depois, ainda podemos fazer isso – tocar nesses lugares, continuar a fazer música – é tudo por causa de vocês. Muito obrigado a todos, e que venham outros 15 anos!”

Este artigo não possui comentários

© 2005 - 2017 - Alguns direitos reservados | Desenvolvido por Kézily Correa