Seja bem-vindo ao Simple Plan Brasil! Nós somos um site brasileiro sobre o Simple Plan com objetivo de difundir notícias, vídeos e conteúdos da banda. Este site é feito de fãs para fãs, ainda sem vínculos com integrantes da banda, mas temos apoio da Warner Music Brasil [+]

05.jpg
04.jpg
03.jpg
06.jpg
01.jpg
02.jpg

Últimas Imagens

Retrospectiva: um resumo dos melhores momentos de 2016

Janeiro

Para começar a nova retrospectiva, não podemos deixar de falar que o ano começa com muitas expectativas acerca do novo álbum do Simple Plan. Depois de quatro anos de espera desde o último trabalho e várias promessas de que o lançamento seria “em breve”, não se sabia o estilo que a banda seguiria nas novas composições. Os fãs se dividiam entre o gosto pelas raízes da banda no pop punk, notável no álbum No Pads, No Helmets… Just Balls e outros no ritmo atual, como no EP Get Your Heart On! The Second Coming. Junto a essa auto-cobrança pela definição do novo estilo, durante uma entrevista Pierre disse que um dos maiores desafios era agradar o público e conciliar isso com o tempo de carreira que eles têm. “Nós estamos junto há muito tempo. Isso é uma coisa forte, mas, por outro lado, pode ser muito limitador, porque as pessoas criam muitas expectativas. Você tem um background e uma história passada. Para nós, criar um novo álbum que sobressaia tem sido mais e mais difícil. Nós não somos a nova banda jovem de que ninguém nunca ouviu falar. Nossos rostos são familiares, nosso som é familiar, minha voz é familiar para as pessoas. Nosso maior desafio é criar um álbum que agrade. Ao mesmo tempo, quando a banda está por aí há muito tempo, você quase não tem o direito de sair muito da sua zona de conforto, porque senão as pessoas ficam tipo: “ah, não é assim que eles deveriam soar”, ele comenta. São dezessete anos de convivência, cinco opiniões diferentes sobre cada passo a ser dado e a decisão por um consenso que seja verdadeiro para todos. Ações de divulgação do Taking One For The Team estavam a todo vapor, sendo que as amostras do mesmo estavam nas músicas ‘Boom’, ‘I Don’t Wanna Be Sad’ e ‘I Don’t Wanna Go To Bed’ que foram lançada meses antes para tal ação promocional.

De qualquer forma, o 1º dia de Janeiro foi marcado por uma apresentação da banda no Gillete Stadium, onde tocaram o Hino Canadense na abertura da Liga Nacional de Hóquei do Clássico de Inverno (#WinterClassic) para cerca de 70 mil pessoas.


Na segunda quinzena do mês, a banda dispara um convite inusitado: convocaram todos os fãs que estivessem na região de Montreal para participar da gravação do clipe de Opinion Overload, cuja música, inclusive, vazaria alguns dias depois. Houve também a confirmação de que o novo álbum teria a colaboração de dois cantores: Jordan Pundik (vocalista da banda New Found Glory) em Farewell e de Juliet Simms em I Dream About You. Para fechar o mês, a parte traseira do encarte do novo álbum é liberada na internet, dando sentido ao seu nome e nos fazendo entender como seria a tendência da ilustração. Além disso, foi revelado o nome e quantidade de faixas que estariam presentes no projeto.


Fevereiro

O Brasil nunca deixa de ser referência para os meninos. Logo no começo do mês em uma entrevista a um site espanhol chamado “Histéricas Garbaciones”, Jeff comenta que seu autor preferido é Paulo Coelho e que sempre recomenda o livro “O Alquimista” para pessoas ao seu redor. Diz que é um artista sábio e que sabe dividir suas filosofias. Ainda nela comenta que sente falta da energia e da loucura de estar em turnê e que se sente muito empolgado em poder voltar a isso tudo com o novo álbum.

Depois de ser vazada a música Opinion Overload e já estarem com data de lançamento marcada, o Taking One For The Team foi disponibilizado para pré-venda em alguns países. Com isso, também foi divulgado o primeiro vídeo da sessão “track-by-track” que mostra os bastidores das gravações, algumas considerações de cada membro e os significados das músicas.

Nessa divulgação de vídeos “track-by-track” era possível ouvir as prévias de alguns pequenos trechos das novas músicas que seriam lançadas. Depois de Opinion Overload, foi dada sequência com Farewell, I Refuse, PS.: I Hate You e outras faixas, aleatoriamente. Como se não bastasse provar dessa ansiedade, um novo convite da banda para a gravação do próximo clipe também serviu para atiçar a curiosidade dos fãs. Dessa vez tratava-se da gravação de Singing In The Rain.

A oito dias da data oficial do lançamento do TOFTT, é revelado o encarte completo do CD. Todo o layout foi baseado em cenários esportivos, passando a imagem de união de equipe ao invés de competições (alusão ao tempo de formação da banda).

No dia oficial do lançamento (19 de fevereiro), a banda tomou conta do Instagram da Alternative Press e concedeu uma entrevista à Idobi Radio. O álbum era assunto em toda a mídia e já recebia muitas críticas positivas. Chuck publicou uma mensagem especial de agradecimento aos fãs e comentou a dificuldade que tiveram durante todo o processo de gravação (que você pode conferir clicando aqui. Os integrantes ainda conseguiram espaço para algumas entrevistas que foram realizadas ao longo do dia e em todas comentaram sobre a alegria e satisfação com esse novo trabalho. Inúmeros fatos-surpresa eram relatados nessas entrevistas, tais como: Jeff saiu da banda três vezes, Pierre se sentindo traído pelos fãs, Sebastien afirmando que olha tudo o que recebe dos fãs nas redes sociais, os perrengues da participação do rapper Nelly em “I Don’t Wanna Go To Bed”, as lembranças do primeiro porre da banda, dificuldade em satisfazer os fãs antigos, rituais pré-show, dentre outros. A intenção do Simple Plan Brasil era que todas essas informações fossem acessíveis para os nossos visitantes, mas algumas pessoas não tinham conhecimento do idioma inglês ou francês, o que dificultava o entendimento. Esse foi um desafio para que começássemos a fazer traduções na íntegra de todas essas entrevistas que eram feitas pelos meninos, seja no formato escrito, áudio ou em vídeo. Tivemos um feedback positivo, o que nos estimulou a focar nossos esforços nesse quesito.
Já no dia seguinte ao lançamento, foram divulgadas algumas fotos da gravação do clipe de Singing In The Rain. Não se sabia o significado do cenário nem das vestimentas; os fãs que fizeram parte das gravações assinaram um contrato de confidencialidade para não divulgarem informações sobre o vídeo, portanto o pouco que era divulgado já deixava mil interpretações.

A banda revezou ao fazer entrevistas para rádios, emissoras, revistas e vloggers, todas na intenção de mostrar o trabalho por trás da criação do novo álbum. Uma das mais marcantes foi Pierre dando conselhos para os fãs com a voz de Alvin e os Esquilos (não deixe de ver). Por outro lado, aconteceram as primeiras apresentações e novos shows eram marcados para os meses seguintes, dando início a #SPTeamTour.

Março

A turnê da banda continuou pela Europa. Os meninos visitam a Itália, a Suíça a República Tcheca, Áustria, Alemanha, Suíça e outras cidades. Em entrevistas, Pierre diz que reconhece os fãs pelo rosto e nome, Chuck dá dicas de viagens (e cuecas limpas) e Seb conta o que comprou com seu primeiro sálario do SP. No meio disso tudo, a banda conseguiu alcançar 100 mil seguidores no Instagram, o que rendeu um vídeo divertidíssimo em comemoração ao marco, onde os meninos confundem a palavra “followers” (seguidores) com “dollars” (dólares).

Perto da data de lançamento do clipe de Singing In The Rain, foi divulgada uma nova versão sem a participação da banda R. City na música. Ela foi carimbada como versão oficial e próximo single.

Abril

Começamos o mês com fotos inéditas do photoshoot do primeiro álbum da banda (Still Not Getting Any, 2002). Elas foram tiradas na primeira visita da banda no Japão.

A turnê segue para o continente asiático. A banda visita o Japão, Coréia e arredores e retrata no Snapchat a insanidade dos fãs. Dizem estar amando a estadia no país e tocar em novos lugares.

Enquanto isso, surge o primeiro rumor sobre a vinda da banda para o Brasil quando Jeff responde o pedido de uma fã para que viessem ao nosso país: “Eu mal posso esperar pra voltar”. Poucos dias depois, no dia 11, foi Chuck que surgiu com o tweet: “Nós ouvimos vocês também, América do Sul! Alguns dos melhores shows que eu já toquei aconteceram na América do Sul! Nós vamos voltar!”. Eram indícios de que as negociações estavam quase fechadas.

No dia seguinte, 12/04, ocorre o lançamento do videoclipe de Singing In The Rain. “A primavera está quase ai e esperamos que ele seja uma música perfeita para essa estação e faça as pessoas sorrirem! Essa é uma música sobre ser positivo, ultrapassar obstáculos e nunca deixar que alguma coisa te derrube”, diz a mensagem do anúncio oficial. A música faz um link com um clipe da banda The Wonders chamado “The Thing You Do” (assista aqui).

Maio

Em entrevista à Radio Cardiff, de Bristol no Reino Unido, Chuck Comeau indica que poderão fazer algo especial retratado em um documentário para celebrar os 15 anos do “No Pads, No Helmets… Just Balls”. Eles retornam à Europa para seguir com a turnê, dessa vez tocando na Holanda, Alemanha, Bélgica, Luxemburgo e França. O clipe de Singing In The Rain atinge a marca de 1 milhão de visualizações no Youtube.

No começo de maio, a cidade de Fort McMurray no Canadá sofreu por conta de incêndios devastadores que atingiram as florestas da região (foram cerca de 240.000 hectares queimados). Em apoio as vítimas dessa terrível tragédia, através da Simple Plan Foundation a banda fez uma doação de $10.000 dólares para a Cruz Vermelha do país.

A passagem pela Finlândia com certeza deixou os meninos de bom humor. Seb e Pierre aproveitaram o tempo livre e postaram um vídeo na conta do Instagram onde imitam cenas de Jack e Rose no filme Titanic.

 

The story of Jack and Rose will go on… #titanic2 #teamsp #teamsptour

Um vídeo publicado por Simple Plan (@simpleplan) em

 

Junho
No dia 01 de junho a banda se apresentou na Lituânia, na cidade de Vilnius, fechando com chave de ouro a #TeamSPTour na Europa. Foi a primeira vez que tocaram Perfectly Perfect ao vivo. A revista Alternative Press publicou uma matéria em seu site onde comentam sobre as 10 bandas mais influentes do pop punk (“The 10 most influential bands of pop punk”) e claro, o Simple Plan não iria deixar de aparecer nesta lista, estando acompanhada de grandes nomes como Sum 41, Green Day e Fall Out Boy.

No dia 23 de junho, o Simple Plan esteve na casa de show House Of Blues em Orlando, Flórida, onde realizou um show acústico. O diferencial desse show é que toda a renda arrecadada com a venda de ingressos foi revertida à fundação One Orlando, com o objetivo de ajudar as vítimas da tragédia que aconteceu na cidade, no dia 12 de junho na casa noturna Pulse. Além deles, o evento também contou com a presença da banda Magic! e a cantora americana Ingrid Michaelson.

Fechamos o mês com a melhor notícia que poderíamos receber: depois de ações em massa no Twitter com a produtora Queremos!, o Simple Plan confirma shows no Brasil! Num primeiro momento foi divulgado que, através dela, a banda estaria no Rio de Janeiro e Belo Horizonte. Poucas horas depois, a produtora T4F sinalizou que também teria datas oficiais para as cidades de São Paulo e Porto Alegre.

Julho
Foi um dos meses mais inusitados. Se a confirmação da vinda do Simple Plan pro Brasil já causou um alvoroço, você imagina como os fãs americanos reagiram quando o SP anunciou que tocariam com o Blink 182 em Winnipeg? O show aconteceu no dia 07 de julho para aproximadamente 15 mil pessoas. Vale lembrar que o clipe de I’d Do Anything teve a participação de Mark Hoppus (vocalista do Blink).

Com show marcado em Colorado Springs, Pierre anunciou em suas redes sociais que o festival era gratuito e que mal podia esperar pra ver os fãs. Acontece que isso na verdade foi um pequeno deslize. “Foi mal… Hoje em Colorado Springs não é grátis. É um festival de touros e cerveja. E aí se você entra no festival, o show é grátis. Comente aqui se você vem e não tem dinheiro. Eu te libero”, tweetou. Como não amar?

Ao conversar com o pessoal da The AU Review, Chuck mencionou o motivo da criação de “I Don’t Wanna Be Sad”. A tradução dessa música é bem clara no sentido de retratar algo depressivo, porém o ritmo é bastante agitado, sendo contraditório. “Estávamos muito chateados pela quantidade de pessoas que estão lidando com depressão. Escrevemos muitas músicas sobre esse assunto, mas desta vez quisemos escrever sobre isso de uma perspectiva diferente. Então agora é mais tipo ‘Estou cansado de me sentir assim, eu quero ser mais feliz’. Existe um elemento de inspiração da música do Bleachers ‘I Wanna Get Better’. Eu acredito que seja sobre empoderamento. Em vez de reclamar, a música encoraja as crianças a se cansarem de estar tristes.”

No dia 13 de julho, os caras da 5SOS (5 Seconds Of Summer) foram para Montreal e pelo motivo de estarem na cidade natal do Simple Plan, mostraram respeito a banda e fizeram um cover da música “Perfect” (clique aqui para assistir).

Surgiu também um vídeo da produtora Time For Fun com uma mensagem especial para os fãs brasileiros. A banda faz um convite para os shows que aconteceriam no país em dezembro e comentam sobre a saudade que estão do Brasil:

Consegue imaginar uma banda de pop punk vestida de caubói? Pois é. Isso aconteceu no festival Calgary Stampede, onde estavam vestidos a caráter para a apresentação (inclusive brincaram no Instagram dizendo que poderia ser a capa do novo álbum).

Agosto
O começo do mês foi marcado pela presença de dois membros da equipe do nosso site no Canadá. Tivemos a oportunidade de conversar com Patrick Langlois (antigo merch e web guy do Simple Plan ) durante o programa Les Week-Ends V.I.P que estava narrando. A transmissão foi ao ar pela nossa página no Facebook, inclusive.

Nossa equipe também foi conhecer os restaurantes de Jeff (Mangiafoco, Mimi La Nuit e o The Shinji) e ainda descolou uma entrevista exclusiva com os caras em Acton Vale.

Parte 1
 

Parte 2
 

Se tocar com o Blink já foi épico, imagine assistir a banda tocando Green Day. Uma sessão acústica organizada pela rádio 96.5 TIC feita na cidade de Hartford, a grande surpresa para os fãs foi o cover da música “Good Riddance (Time Of Your Life)”. Assista aqui.

Invadindo a intimidade da banda, a PitCam.TV liberou um vídeo em seu canal no Youtube onde Pierre e Seb aparecem mostrando como é o ônibus de turnê do Simple Plan por dentro. São dois andares: no primeiro fica a “sala de jantar” – onde também jogam dominó e cartas, a cozinha – na verdade com apenas uma geladeira e uma bancada, e o banheiro. Já no segundo andar, podemos ver a lavanderia e um “guarda-roupa”, que tem a função de quarto.

Durante a passagem do SP na China no final de agosto, a banda fez o primeiro show na cidade de Xangai no Mixing Room. O auge da noite foi quando Pierre sacou um guarda-chuva de um fã que conseguiu levar para a arena ao tocar Singing In The Rain.

 

 

Setembro

O mês já começa com novidade boa. Foi definido que Perfectly Perfect seria o novo single do álbum Taking One For The Team. A música teve uma ótima repercussão na Tailândia, chegando a fazer parte do Top 20 do topo das paradas de uma rádio popular da cidade. A confirmação veio através da divulgação do lyric vídeo dessa faixa e a capa do single:

No dia 10 de setembro, a banda fez o primeiro show no Enmore Theatre& em Sidney, na Austrália. Não houve mudanças notáveis em comparação aos outros dias, mas uma das partes mais marcantes dessa data aconteceu no soundcheck (passagem de som): os caras chamaram ao palco o menino Julian, uma criança com uma doença rara, para cantarem “When I’m Gone” com ele em pedido de sua mãe, realizando o sonho de ambos.

Para valorizar ainda mais o recente álbum da banda, foi divulgada a venda de uma edição limitada em vinil na cor branca. A banda já possui um disco de vinil – o terceiro álbum intitulado “Simple Plan”, além dos singles como “Addicted”, “Crazy”, “Welcome to my Life”, “Shut Up”, “Untitled” e “When I’m Gone”. O vinil branco foi uma ação promocional e pontual do TOFTT.

Na fase de aquecimento dos shows no Brasil, pautamos a ideia de realizar alguma surpresa durante a passagem deles pelo país. Uma integrante da nossa equipe, Cínthia Zagatto, formada em jornalismo, se propôs a criar um livro para a banda. A ideia era que esse Fanbook funcionasse como uma linha do tempo, cruzando histórias de fãs com os acontecimentos da banda. Assim, eles poderiam conhecer alguns dos momentos mais importantes que vivemos ao lado deles e saber o que estava acontecendo na trajetória deles ao mesmo tempo. Fomos em busca de histórias de fãs em todos os meios possíveis; a gratidão foi enorme quando fechamos o envio e notamos o recebimento de muitas participações. Foram 148 histórias de carinho, loucura, saudade, dor e alegria compartilhadas. Muitos relatavam a importância que a banda teve na vida de cada um e como “this song saved my life”.

Outubro

Depois de encerrar a turnê pela Austrália, o Simple Plan voltou para os Estados Unidos e, antes de dar continuidade às performances, os caras se apresentaram para um público grande em um evento gratuito na Universidade de Iowa.

Chuck Comeau e Jeff Stinco participaram de algo muito inédito: a dupla tatuou uma fã no ônibus de turnê. “@rachaeltattoo – você é uma das fãs mais dedicadas do SP que eu já conheci. Obrigado por me deixar fazer isso. Eu fico muito grato por nossa música significar tanto pra você”, diz Chuck. O resultado foi esse:

Enquanto a gente pensa que nada mais pode surpreender durante um show, eis que surge um pedido de casamento Sim, casamento! No dia 15 em Cleveland um fã subiu ao palco e pediu a mão de sua namorada – ela disse sim! Veja o momento clicando aqui.

Assim como nos clipes de Opinion Overload e Singing In The Rain, a banda estendeu um novo convite aos fãs para participarem das gravações do clipe de Perfectly Perfect. O anúncio dizia que estavam procurando por casais de várias idades (maiores de 17 anos) que queriam compartilhar suas histórias; funcionaria como um documentário composto por fotos em preto e branco de casais de todas as idades, nacionalidades, orientação sexual e identidade de gêneros.

Novembro
A poucos dias da turnê do Simple Plan no Brasil, nossos preparativos com as surpresas para os shows estavam a todo vapor. A banda ainda tinha 06 shows para tocar em Toronto, Quebec, Ottawa e Montreal no Canadá, porém um anúncio oficial no site da banda fez com que os fãs ficassem assustados. Pierre começou a sentir dor em suas cordas vocais e consultou um médico. Após o exame, Pierre foi instruído ficar em repouso vocal imediato. Ele também foi aconselhado a abster-se de cantar durante as 4 semanas seguintes para evitar qualquer dano permanente das cordas vocais. O receio é que isso acontecesse com os shows no nosso país e a turnê brasileira fosse cancelada, mas os meninos garantiram que isso não ia acontecer.

Além de ser baterista do SP, Chuck sempre demonstrou interesse em ser um produtor de mídia, seja musical ou visual. Ele acabou se envolvendo com um projeto desempenhando esse papel, onde dirigiu um documentário sobre o ressurgimento atual da música pop-punk. Dirigido por Peter John (que foi quem filmou também ‘SP Live in Australia’, o filme intitulado “Resurgence: A pop punk-umentary” irá mostrar todo o crescimento do gênero musical – desde aquelas bandas líderes nos anos de 1990-2000 como Blink 182, Simple Plan, Yellowcard, Green Day, Sum 41 e Good Charlotte, até as mais atuais como State Champs ou Neck Deep. O lançamento está previsto para 2017.
E quando a gente acha que já sabe tudo sobre a banda, ela mesma confessa outros micos e curiosidades. No vídeo abaixo conseguimos nossas informações sobre os filhos dos integrantes, animais de estimação, a loja favorita do Pierre, sobre quando Chuck levou um soco em Singapura e muito mais.

No final do mês (29), depois de muita espera, finalmente o clipe de Perfectly Perfect foi lançado. O vídeo com a participação dos fãs e também do amigo Patrick Langlois e retrata a singularidade de cada casal recrutado para a participação; isso porque a música fala sobre estar apaixonado por outra pessoa e ver a beleza em cada parte dela, mesmo no que ela não gosta. Esse foi um trabalho dirigido por Mark Staubach e o fotógrafo Chady Awad.

Dezembro

Acreditamos que esse foi o mês mais insano e engrandecedor pra gente. Estávamos prestes a receber a banda no país e a novidades não paravam de surgir.

Depois da música ‘Christmas List’, surge uma nova faixa temática para o mês de Natal: ‘Christmas Every Day’. A banda ainda fez uma parceria com Alex Gaskart (All Time Low), John Feldmann (Goldfinger), Ashton Irwin (5 Seconds Of Summer) e Joel Madden (Good Charlotte), para gravar uma música Have Yourself A Merry Little Christmas no ano passado, mas essa é inédita.

A banda pisou em terras brasileiras no dia 06, um dia antes do primeiro show da turnê em São Paulo. Logo que os fãs os receberam no aeroporto, uma triste notícia veio à tona: David não participaria dos shows da América do Sul. Eram motivos pessoais que até então não foram declarados. Alguns fãs ficaram desapontados sem a presença do baixista, mas sabíamos que, de alguma forma, ele estaria conosco de coração.

Aeroportos e hotéis estavam lotados, em todas as capitais, com fãs loucos e de coração acelerado esperando para pelo menos conseguir ver eles. E conseguiram. A banda como sempre não decepcionou e apesar do cansaço e etc não deixaram de falar com ninguém.. antes e depois dos shows. Inclusive não deixaram de gravar vídeos e tirar fotos com os fãs para postarem em suas redes sociais. Nossa equipe esteve presente em todos os shows da turnê e nosso comprometimento era realizar a cobertura completa e na íntegra de tudo o que acontecesse.

Com direito a atrações de abertura, o DJ Iggor Ahrends foi o responsável por colocar todo mundo pra pular antes mesmo do Simple Plan subir ao palco nas quatro capitais – ele ficou tão querido pelos fãs, que dias após os shows, a nossa equipe fez uma entrevista com ele. Confira clicando aqui.

A primeira apresentação foi no dia 07 de dezembro na cidade de São Paulo para um público de aproximadamente 7.000 pessoas no Citibank Hall. De acordo com a própria banda este foi o maior show na América do Sul! A banda seguiu para outras cidades nos dias seguintes: Belo Horizonte no dia 08, Rio de Janeiro no dia 09 e Porto Alegre no dia 11, sendo que os shows em BH e RJ tiveram ingressos esgotados!

Para a surpresa e alegria dos fãs, para fechar com chave de ouro a #TeamSPTour no Brasil, os caras adicionaram mais uma música a set list do show de POA: “What’s New Sscooby-Doo” e convidaram a banda cover oficial brasileira, a Heartbreakers, para se juntarem ao palco!

Os detalhes você pode conferir nos links abaixo – selecionamos os melhores vídeos e as melhores fotos para compor o conteúdo da cobertura.

Coberturas: <a href=”http://simpleplan.com.br/spnobrasil/cobertura-spnobrasil-sao-paulo/”>São Paulo | Belo Horizonte | Rio de Janeiro | Porto Alegre

[+] Tudo sobre o #SPnoBrasil

Além disso, também abrimos um espaço no nosso site para os fãs contarem como foi essa experiência do Simple Plan no Brasil, e você pode ler uma história mais linda que a outra aqui.



Ah! Lembram do Fanbook com as histórias dos fãs? O mesmo foi entregue para a banda que agradeceu o trabalho e todo o apoio. Em breve a versão física estará disponível para compra. Confira o momento:

O Brasil seguiu a turnê da América do Sul; no show do dia 13 de dezembro, o Simple Plan se apresentou em Buenos Aires. Como era uma sessão acústica, houve uma pequena mudança na setlist com alteração de duas músicas: o Party Medley e Farewell foram substituídas por Lucky One e Astronaut, para surpresa dos fãs. Outra novidade foi um novo pedido de casamento durante a Pizza Party. “Tivemos uma proposta de casamento e noivado no nosso #postgamepizzaparty meet&greet esta noite! Tão incrível! E eles tinham uma história legal também. Ela pediu para se casar com ele depois que ele já tinha perguntado duas vezes e ela tinha dito não… paciência e perseverança compensa!! Parabéns a ambos! Que vocês tenham uma vida maravilhosa juntos. Talvez eu deva ser ordenado e começar a casar as pessoas no local.”, disse Pierre.

Não podemos esquecer que durante todo o ano a banda realizou eventos beneficentes para instituições de caridade. No começo do ano, por exemplo, conseguiram arrecadar 14 mil dólares para a Transition to Betterness – instituição dedicada a fornecer alívio para os pacientes e famílias que lidam com uma doença que altera negativamente a vida de alguém, uma quantia para a RMJQ – que incentiva o aprendizado da música para a autoestima e confiança e a capacidade de se integrar a um grupo, além da expressão individual, a County Heritage Winery e também o Pretty In Pink, cujo objetivo é ajudar tanto as mulheres diagnosticadas com câncer de mama quanto as pesquisas contra a doença, dentre outras causas.

É com muito orgulho que fechamos essa com o anúncio da banda de que as doações do ano de 2016 através da Simple Plan Foundation chegaram a $180 mil dólares! Todo esse valor foi partilhado entre 20 organizações de caridade cujo objetivo é ajudar jovens necessitados ou portadores de doenças graves. Isso mostra que a solidariedade, altruísmo, humildade e simplicidade ao fazer o bem também fazem a diferença na vida de alguém.

Queremos agradecer todos os astronauts que visitaram nosso site durante esse ano, que deixaram um comentário, que interagiram conosco nas redes sociais e que nos encontraram nos shows da turnê brasileira. Fizemos o máximo para podermos proporcionar o melhor conteúdo a vocês, com exclusividade e lealdade. Antes mesmo do nosso carinho pela banda, vem o carinho por vocês. Somos mais do que amigos; fazemos parte da mesma família. Que 2017 seja ainda melhor, cheio de realizações e luz para todos. ♥

Este artigo não possui comentários

© 2005 - 2017 - Alguns direitos reservados | Desenvolvido por Kézily Correa