Seja bem-vindo ao Simple Plan Brasil! Nós somos um site brasileiro sobre o Simple Plan com objetivo de difundir notícias, vídeos e conteúdos da banda. Este site é feito de fãs para fãs, ainda sem vínculos com integrantes da banda, mas temos apoio da Warner Music Brasil [+]

18251900_1534050279959095_3051954480082845696_n.jpg
19.jpg
20.jpg
17.jpg
18.jpg
16.jpg

Últimas Imagens

La Presse faz crítica ao show do SP em Quebec

O Simple Plan se apresentou no Centre Vidéotron na cidade de Quebec no dia 13 de março com a #TeamSPTourveja tudo o que rolou aqui e apesar do show incrível que os caras fizeram, infelizmente nem tudo ocorreu como o esperado e o site La Presse publicou uma matéria recentemente falando destes pequenos problemas, como o fato do local ter capacidade para 18.000 pessoas mas apenas 5.000 aparecerem. Confira abaixo a tradução feita pela nossa equipe:

Simple Plan: Tocando na adversidade

(Quebec) CRÍTICA / Não foi fácil para o Simple Plan em sua primeira visita ao Centre Vidéotron na segunda-feira: o público, moderadamente grande, estava disposto de um modo que era difícil interagir. Os caras, contudo conseguiram que pouquíssimas pessoas permanecessem sentados em seus lugares.

Sabíamos que o quinteto pop punk vinha lutando para que os fãs viessem – as promoções com descontos nos sites de compra de grupo Tuango não deixam mentir. No entanto, foram só cerca de 5000 que estiveram presentes, um número que não era constrangedor. O problema é que, a pedido do grupo, o Centre Vidéotron foi configurado como quando está em plena capacidade*. Resultado: o palco estava muito, muito distante da platéia, com o público que preencheu cerca de um quarto do espaço. E apenas as seções nas laterais estavam abertas. Tente criar a atmosfera neste contexto… E tente no meio da multidão ignorar o grande vazio na frente de você… Fale com músicos de Plain White T’s, uma das duas primeiras partes com Set It Off, que trabalhou duro para interagir o público – o que só ocorreu com o velho hit Hey There Delilah.

* O Centre Vidéotron tem capacidade para 18000 pessoas.

Os atrativos clássicos

Simple Plan este ano comemora 15 anos do No Pads, No Helmets… Just Balls com uma turnê de aniversário combinando todas as músicas do primeiro álbum. Mas este não foi o show, no entanto, que os caras trouxeram ao Centre Vidéotron. Como eles foram forçados a adiar a sua passagem planejada em 21 de novembro, eles chegaram ao show apresentando cinco títulos do recente Taking One For The Team, completados por composições mais antigas.

As novas canções tiveram, em geral uma recepção fria, seja em I Don’t Wanna Go To Bed, que portanto toca regularmente no rádio, Boom! ou Farewell onde o baixista David Desrosiers não hesitou em ir se jogar entre os fãs. Em contraste, os antigos sucessos ainda não perderam sua eficácia, incluindo I’m Just A Kid, que pode parecer estranho hoje, sair da boca do papai, o vocalista Pierre Bouvier… Jump, fez o público pular, sem qualquer dano, mesmo nas arquibancadas, Welcome To My Life funcionou perfeitamente como o clássico Shut Up! no inicio do bis.

Simple Plan nunca foi forte nos artifícios, preferindo o desempenho físico. E isso é exatamente o que os músicos têm proposto. Eles são sempre dinâmicos e Bouvier se esforça em manter os espectadores entretidos. Curiosamente, desde 2011 que a banda não vinha para a cidade e o líder se preocupou em frisar isso, dizendo como estavam felizes em voltar.

Os caras estavam sincronizados, se ouve alguns espaços ocos, no geral, o Simple Plan se saiu bem com a configuração da sala que claramente não estava a seu favor. O grupo completou a noite em uma espécie de comunhão com Perfect onde Bouvier estava inicialmente apenas com violão e com o público que fazia o coro, antes de ser acompanhado por seus cúmplices.

Este artigo não possui comentários

© 2005 - 2017 - Alguns direitos reservados | Desenvolvido por Kézily Correa