Seja bem-vindo
à página de fã do mês!


Aqui você irá encontrar algumas entrevistas que fizemos com fãs de diversas partes do nosso país. Conheça mais sobre a SPFamily através dos nossos SPFans, que além de amar o Simple Plan, já fizeram loucuras para encontrar os caras, em suas vindas ao Brasil e até, no exterior. Todo mês um fã é escolhido a partir do fomulário de inscrição, sendo que nós o entrevistamos e fazemos algumas perguntas padrão, mas também, deixamos um espaço livre para que ele comente sobre o que quiser relacionado a banda, também cedemos espaço para divulgações de projetos relacionados a banda. Participe!

Últimas Imagens
adicionadas na galeria:

Clara FIgueira

Nome: Clara Figueira
Aniversário: 02/02
E-mail: cfgr.alves@gmail.com
Redes Sociais: Instagram | Twitter
Localidade: Belo Horizonte – Minas Gerais

Como foi que começou a gostar do Simple Plan? Já teve algum contato com eles?

Eu escutava as músicas na rádio, mas ainda não sabia quem era a banda. Em 2007 eu assisti a apresentação deles no Big Brother Brasil, e aí sim me tornei fã. Contato com eles só via Twitter e Instagram mesmo.

Você já foi a algum show do Simple Plan? Se sim, como foi?

Não fui. Na verdade eu não pude ir porque meus pais não apoiam muito essa questão de acompanhar um ídolo. Ainda não tive oportunidade de conhecê-los pessoalmente, mas ainda não desisti. Sigo firme e confiante que vou vê-los de pertinho um dia.

Seu CD favorito é..

Self titled! Pois foi a partir dele que eu passei acompanhar fanaticamente a banda.

Qual música do Simple Plan você mais se identifica?

Holding On. Pois a letra dela é muito forte e sempre se encaixa no momento que eu estou passando e me dá forças pra continuar, seja um período bom ou ruim, essa música me renova.

Você já fez alguma loucura pelo Simple Plan? Se sim, como foi isso?

Bom, minha loucura poderia ter dado certo, mas a missão falhou por que meu pai não quis me dar carona de caminhão (no qual ele trabalha) de Belo Horizonte até Salvador e Teresina em 2012. Ele ia estar nessas cidades no dia dos shows, mas tive meu pedido rejeitado por ele haha. Fiquei em casa sofrendo. Mas planejo a ‘loucura’ de tatuar um trecho de Holding On no meu corpo. Ou virar vegana né…

Complete: O Simple Plan salvou a sua vida porque… Sinto com se eles fossem vozes amigas a me ajudar a seguir em frente, nunca desistir, que eu sou capaz e que eu posso ser quem eu quiser. Isso realmente me motiva todos os dias.

A Clara mandou um recadinho pra gente, gostaríamos de compartilhar com vocês e ressaltar: queremos conhecer vocês e dar a chance de outros fãs também conhecerem, por isso, seja nosso fã do mês! Mande a sua inscrição clicando aqui. Será um prazer enorme divulgar a sua história aqui <3

Gostaria de agradecer vocês por me escolherem para fã do mês! Não sei direito que dizer, a minha história não é das mais lindas, mas enfim, obrigada vocês!


1554358_569120953179207_1384475216_n

Nome: Tamires Batista
Aniversário: 10/10
E-mail: tamires.rox@hotmail
Redes Sociais: Facebook
Localidade: Poá – SP

Como foi que começou a gostar do Simple Plan? Já teve algum contato com eles?

Na época da escola, mais precisamente em 2005. A galera do grêmio da escola que eu estudava sempre colocava música na hora do recreio e como eles eram roqueiros, sempre tocavam mais rock. Sempre tocavam Perfect e Shut Up. Eu já tinha visto eles no filme “No Pique de Nova Iorque”, mas não sabia que era a mesma banda que tocavam na hora do recreio. Um dia, eu estava no telefone com uma amiga, que também gostava das músicas do SP, e ambas estávamos assistindo um canal de videoclipes quando começou a passar o clipe Shut Up. (Sim, eu me lembro exatamente desse dia). Minha amiga na hora disse : “Olha, a música daquela banda que a gente gosta.” O clipe começa com os caras andando na calçada em câmera lenta e, naquela hora, foi amor a Primeira vista hahahaha. Lembro que na hora, apaixonei no Pierre fazendo biquinho pra cantar HAHAHA e minha amiga gostou mais do “carinha da franja”. No outro dia, fomos numa Lan House e pesquisamos tudo sobre eles e descobrimos que ‘meu amor’ se chamava Pierre e o “carinha da franja” se chamava David. A música era boa e os caras lindos, então, como não se apaixonar?! Toda semana pedíamos pra tocar Simple Plan na hora do recreio e até fiquei conhecida como “garota Simple Plan” na escola.

Tive dois contatos com os caras. O primeiro foi 15/11/2011 numa rádio em que eles atenderam os fãs e o outro foi 10/10/2012 no dia em que eles desembarcaram em São Paulo para a turnê daquele ano.

Você já foi a algum show do Simple Plan? Se sim, como foi?

Fui a Três shows deles. Em 2009, 2011 e 2012. O primeiro eu estava tão ansiosa que nem dormi na véspera. Eu fui virada pra escola e da escola fui direto pra Fila do show {sozinha}. A ansiedade era tanta que me alimentei pouco também. Na fila desse show conheci muita gente louca que nem eu e que até hoje mantenho contato. Em 2011, cheguei bem cedo na fila do SWU, sozinha de novo, mas encontrei uma menina que eu só conhecia do Orkut e passamos o dia juntas. Passamos por poucas e boas até o Simple Plan entrar no palco: frio, fome, sede, cansaço, aperto e chuva muita chuva com direto a muita lama em nossas roupas. O bombeiro que estava no espaço entre a Grade e o Palco ficou com dó da gente e até nos ofereceu água e sempre dizia “Aguenta Firme. Já já eles chegam”. Quando eles entraram no palco eu nem lembrava que não conseguia mais sentir meus pés e a dor nas costas desapareceu com a vibe “show na chuva”. Foi sensacional. Voltei pra casa toda ensopada mas inundada de felicidade.

Em 2012 eu fui sozinha também, dormi na fila, com gente desconhecida e muito louca e, pra mim, juntando a parte da fila com a apresentação dos caras, foi o melhor Show deles em que eu já fui. Saí de lá feliz demais!!!

Seu CD favorito é..

CLAAAAAAAAARO que é o Still Not Getting Any. Foi o primeiro CD que eu comprei e eu ouvia o dia todo se deixasse. Ouvia tanto que a minha mãe pegou raiva do Simple Plan e, pra me deixar nervosa, chamava o Pierre de Gordo hahahahahaha. Até hoje ela não gosta, mas uma vez me disse que a unica musica que prestava daquele CD era Untitled, que em 2007 entrou na Trilha sonora de Malhação.

Qual música do Simple Plan você mais se identifica?

I’d do Anything. Amo tudo: a letra, o clipe e amo que o David canta. Mas gosto muito de Boom também. (Boom é uma poesia lindaaaaaaa hahaha)

Você já fez alguma loucura pelo Simple Plan? Se sim, como foi isso?

HAHAHAHA loucura e Simple Plan combinam muito pra mim. Mas a mais doida foi no dia do meu aniversário que, coincidentemente, também era o dia em que eles desembarcariam aqui no Brasil, no Aeroporto de Guarulhos. Mas, infelizmente, nesse dia também eu tinha prova na faculdade de uma disciplina que eu não podia me dar o luxo de tirar notas baixas. O que fazer? Ir ao aeroporto, claro. Avisei meu pai que ele TINHA que me deixar no aeroporto antes das sete da manhã, que era mais ou menos o horário que o avião deles desembarcaria aqui. Ele não queria porque, em 2009 ele também me levou no aeroporto de Guarulhos para esperar os caras que estavam vindo de Goiás para o show aqui em São Paulo. Infelizmente me deram a informação errada e os caras desembarcaram em Congonhas e não em Guarulhos. Voltei pra casa arrasada. Mas insisti que as informações eram “quentes” e que, daquela vez, eu ia ver o Simple Plan. A muito custo meu pai aceitou me levar e, lá estava eu: sozinha como sempre, com uma câmera na mão, uma foto para eles autografarem e um desenho que eu pretendia dar de presente para um dos caras. Foi dando o horário do avião chegar e a ansiedade me consumia. Não parava de pensar que, se desse errado, se eles não desembarcassem ali, eu ia ter perdido uma prova importantíssima e ia ter que ralar pra correr atrás do prejuizo, além de ter uma enorme decepção em pleno aniversário de 20 anos. Mas, então, eu vi o Pierre saindo do desembarque com uma carinha linda de sono e dizendo Obrigado. Gente, não tem como explicar. Depois saíram o Seb e os outros. Dei o desenho pro Chuck, disse que era meu aniversário e ele me deu Parabéns e um abraço que eu nunca vou esquecer. Depois fui correndo pelo aeroporto pra tentar autografo e foto com os outros caras também. Depois da euforia, liguei pro meu pai dizendo que deu tudo certo e parti em direção a Faculdade, por que ainda tinha aula naquele dia. Chegando lá, o pessoal da faculdade vibrou junto comigo quando eu disse que tinha conseguido. Uma amiga amiga me ligou para me desejar os parabéns (pelo aniversário) e disse: ” blablablablablabla (não lembro extamente tudo) que seu dia seja maravilhoso, com muitas surpresas boas.” Eu respondi: “Já foi maravilhoso amiga! você não vai acreditar quem eu vi hoje de manha!!” Ironizando, ela respondeu: “Quem? O Pierre? {porque ela e todo mundo que me conhece sabe que eu sou Xonada Louca no Pierre} e eu respondi: “SIIIIIIIIIIIIIIM”. É claro que ela não acreditou então eu tive que explicar o que aconteceu, mas mesmo assim ela só acreditou quando, no mesmo dia, eu postei minha foto com o Pierre. Nos comentários da foto, todo mundo dizendo que foi “o melhor presente”. E de fato foi. Passei o resto do dia flutuando hahaha. Eu quase peguei DP naquela Disciplina por não ter feito a prova, mas deu tudo certo.

Complete: O Simple Plan salvou a sua vida porque… Não diria que salvou, mas sim que Eles colocam muito amor na minha vida por meio das letras e de ser quem eles são: um exemplo!

A Tamires mandou um recado pra vocês:

Só queria agradecer. Escrevi muito e espero que, quem ler até o fim, vai rir e se identificar!


Andréane with Bouvier

Nome: Andréane Dupont
Aniversário: 05/01
Redes sociais: Facebook
Localidade: Trois Rivieres – Quebec – Canadá

Como foi que começou a gostar do Simple Plan? Já teve algum contato com eles?

Eu comecei a gostar do Simple Plan no comecinho desde o álbum NPNHJB. Meu primo escutava esse CD na minha casa e eu comecei a gostar também. Eu fiquei mais fã do grupo no SNGA.

Eu já os encontrei várias vezes. A primeira foi em uma emissora de TV, a Musique Plus com o Seb, Jeff e David. O primeiro encontro de verdade com a banda foi em 14 de março de 2009 em Bromont por um sorteio do Fã Clube. Depois disso eu ia encontro sempre.

Você já foi a algum show do Simple Plan? Se sim, como foi?

Sim, eu já fui umas trinta vezes nos shows deles, sem contar os outros eventos que eles participam. Eu sempre tenho uma boa lembrança particular de cada um deles.

Seu CD favorito é…

Still Not Getting Any…

Qual música do Simple Plan você mais se identifica?

Muito difícil de responder!! NPNHJB: Perfect, SNGA: Shut Up!, SP: Save You e Take My Hand, GYHO: You Suck at Love e Summer Paradise, EP: The Rest Of Us e eu amo Boom do CD que vai vir.

Você já fez alguma loucura pelo Simple Plan? Se sim, como foi isso?

A maior loucura que eu fiz por eles acho que foi quando dormi na chuva no Les Plaines d’Abraham* em Quebec em 2008.

Quando eu os vi por dois dias seguidos sem dormir, pra mim isso também é um pouco doido. E também teve o contrário. A maior loucura que o Simple Plan fez por mim foi de me permitir subir no placo com eles na frente de milhares de pessoas num show em Sherbrooke.

*Les Plaines d’Abraham é um lugar histórico onde aconteceu uma guerra entre franceses e ingleses que hoje se tornou um parque.

Complete: O Simple Plan salvou a sua vida porque… foi no meu secundário, me ajudava a continuar quando eu estava cansada da escola. Eu voltava pra casa e postava as novidades no meu skyblog, falava com meus amigos fãs do SP e tudo ficava melhor. Um show do Simple Plan é um remédio infalível para a depressão.

A Andréane mandou uma foto pra gente dela com os caras no palco do show em Sherbrooke, em julho desse ano. Confira:

Andréane-plus


Mariana
Nome: Mariana Castan
Aniversário: 26/12
E-mail: marianacx.augusto@gmail.com
Redes Sociais: Facebook
Localidade: São Paulo – SP

Como foi que começou a gostar do Simple Plan? Já teve algum contato com eles?

Eu comecei a gostar de Simple Plan em 2007. Eu estava deitada no banco de trás do carro, voltando da casa do meu irmão em Mogi das Cruzes; foi instantâneo, a música começou e eu pensei: “Eu – p r e c i s o – saber de quem é essa música!”. Eu decorei parte do refrão, cheguei em casa e procurei no Google! Foi o início de um vício que dura até hoje!

Comprei todos os CDS, DVDs, ficava o dia inteiro tentando traduzir as músicas por que eu sentia que precisava saber tudo o que diziam e graças a isso aprendi inglês…hoje meu nível é avançado sem nunca ter feito nenhuma escola de inglês, eu apenas precisava saber tudo que falavam. Assisti “A Big Package for You” um trilhão de vezes até me certificar que eu entendia tudo…a mesma coisa para todos os vídeos que postavam e para cada letra de cada música. Eu dedicava cada um dos meus dias a eles.

Tive a sorte da vida de conhecê-los e participar de 2 M&G. Foi surreal, incrível, insano. Melhor dia da vida!

Você já foi a algum show do Simple Plan? Se sim, como foi?

Já fui em 2 shows do Simple Plan e nos dois tive a oportunidade de ir no soundcheck e no M&G pelo fã-clube oficial (SPCrew).

O primeiro, em 24 de março de 2009 foi…inesquecível. No soundcheck e no M&G fico feliz que a minha irmã gravou tudo, por que eu não consigo lembrar de nada. Senti que estava em estado de nirvana, nunca estive tão feliz e tão em paz. Foi incrível, foi intenso, foi maravilhoso. No show, fiquei de “cavalinho” no meu eu cunhado que já era alto, na pista, e me lembro de várias vezes os meninos terem olhado para mim e o David (amor da minha vida) me jogou 3 vezes a palheta…e eu não consegui pegar nenhuma (shame on me). Até hoje de lembrar tenho arrepios…se eu falasse tudo mesmo, esse depoimento seria uma bíblia hahaha

O segundo, em 18 de Outubro de 2012, foi maravilhoso novamente, eu estava sozinha dessa vez e não pude filmar tudo. Escrevi uma carta para eles e entreguei ao Sébastien (depois ele postou no twitter tipo “weird”, não me lembro direito, só sei que tinha a ver com isso, daí logo fiquei pensando que ele deve ter lido a carta e pensado: “wow, essa menina é estranha” hahahaha). Falei pro Jeff que meu pai adorava ele, que achava que ele tocava muito e tals, ai ele me disse algo do tipo: “ah você não gosta, só seu pai?” fiquei em silêncio por que fiquei meio confusa (ah se eu pudesse voltar atrás hahaha). Daí veio o David, ele tava com um anel e na hora eu fui louca e impulsiva e falei: “David você casou????” (tipo nãããããããão) e ai acho que ele não gostou e falou tipo “anel de casado é na mão esquerda”. Fiquei puta comigo mesmo por que eu sabia que ele não gostava desse tipo de pergunta, mas foi mais forte que eu. No final ele elogiou minha blusa.

Mas a melhor foto foi com o Pierre <3, quando ele pegou a câmera e falou: “deixa que eu tiro” (a foto dele ficou melhor que todas as que eu tirei sem dúvidas!). Ele foi demais, atencioso demais, maravilhoso demais, tudo demais.
Mesma coisa com o Chuck, um fofo demaissssss!!

O show em si foi demais como sempre, chorei, gritei, queria subir de todo jeito no palco (sem sucesso) e não queria que acabasse nunca. Foi perfeito! Sinto falta tanta falta desses momentos :(

Seu CD favorito é..

Still Not Getting Any…definitivamente!

Qual música do Simple Plan você mais se identifica?

Untitled, por que ela simplesmente traduz o tipo de sentimento que eu guardo em mim de tempo em tempo. Essa música conseguiu traduzir na época aquilo que estava escondido na parte mais profunda da minha alma. Holding On também me fazia sentir uma conexão incrível com eles.

Você já fez alguma loucura pelo Simple Plan? Se sim, como foi isso?

Loucura pelo Simple Plan diretamente não, mas já fiz coisas esquisitas. Eu sentia uma conexão que eu diria que era de outras vidas com eles, e claaaro que, no aniversário deles eu tinha a obrigação e “cumprimentá-los”, então era um ritual, sempre que um fazia aniversário eu comprava um bebezinho e uma velinha, abria o primeiro poster que comprei deles (que significava muito pra mim), “me conectava com eles” (oh yes hahaha) e conversava, dizia tudo o que eu desejava e cantava parabéns!
Acontece que as vezes o aniversário deles caia em dias que eu estava num jantar de família, então do nada eu fazia todo mundo cantar parabéns e ninguém entendia nada. Quando eu contei o que era aquilo todo mundo ficou “???????”.

Complete: O Simple Plan salvou a sua vida porque… eles foram tudo que eu tinha por uns 5 anos, todos os meus medos, todas as minhas angústias, todas as minhas felicidades eu compartilhava com eles e sentia que eles faziam parte da minha vida. Eles foram meus melhores amigos ever!

Depois de partilhar essa história insana com a gente, a Mari mandou algumas fotos do encontro dela com a banda no Meet&Greet que aconteceu em 18 de outubro de 2012, no show que ela foi aqui em São Paulo:

01 02
03 04


LLopes

Nome: Letícia Lopes
Aniversário: 06/06
E-mail: lopesleticia@outlook.com.br
Redes sociais: TwitterFacebook | Instagram
Localidade: São Paulo – SP

Como foi que começou a gostar do Simple Plan? Já teve algum contato com eles?

Comecei a gostar do Simple Plan através de um programa de videoclipes que era exibido na Mix TV.

Você já foi a algum show do Simple Plan? Se sim, como foi?

Sim. Fui em 2011 (Paulínia) e em 2012 (São Paulo). Os dois shows foram bem marcantes. Na primeira vez eu não tinha como comprar os ingressos e já tinha desistido. Aos 45 do segundo tempo eu ganhei um par de ingressos em uma promoção do Portal Vírgula. Programei uma viagem de última hora e fui. Passei mal, mas consegui pegar grade. Em 2012 eu também acabei passando mal e fui socorrida pela grade. O David viu a cena ficou preocupado. Quando o segurança me pegou nos braços, vi o David se abaixando e estendendo a mão pra mim. Eu disse que a carta que ele tinha guardado durante a soundcheck era minha e ele bateu no bolso da calça, confirmando que estava com ele. Depois disso, abriu a minha mão, colocou uma palheta dentro dela, fechou e ficou segurando enquanto olhava pra mim. Algum tempo depois, no Twitter, ele confirmou que se lembrava daquele dia e sabia quem eu era. :’) Esse foi o contato mais próximo que tive com algum deles.

Seu CD favorito é..

No Pads, No Helmets… Just Balls.

Qual música do Simple Plan você mais se identifica?

Atualmente, Grow Up.

Você já fez alguma loucura pelo Simple Plan? Se sim, como foi isso?

Viagens, fugas, horas na fila e muita insolação. Rs.

Complete: O Simple Plan salvou a sua vida porque… me livrou das complicações de uma doença sem cura. Simple Plan me proporciona a transformação de simples momentos em pequenos infinitos. É uma vibe boa de sentir. Já faz parte da minha essência.


Sebbb

Boa noite gente!

Esse mês nós, infelizmente, não iremos publicar entrevista de fã do mês. Acredito que vocês notaram que temos publicado as entrevistas sempre no final do mês, sendo que elas deveriam ser divulgadas no início do mês. Dentre alguns dos motivos pelos quais isso não acontece temos:

– Não temos recebido tantas inscrições para fã do mês;
– Eu (Felipe) sou quem posta as entrevistas e estive bem atarefado com as atividades do meu Trabalho de Conclusão de Curso;
– Os demais membros da equipe do site ficaram ocupados com as tarefas diárias (galeria, notícias e redes sociais).

Dessa forma, peço desculpas à todos vocês e informo que até domingo já publicaremos a entrevista com a fã de Outubro.

Mais uma vez eu reforço para que continuem mandando as suas inscrições para fã do mês, pois nós e os fãs que acessam o nosso site querem conhecer a sua história.

Agradeço a compreensão de todos!


Guilherme Mellon

Nome: Guilherme Mellon
Aniversário: 05/11
E-mail: guilherme_mds@hotmail.com
Redes sociais: TwitterFacebook
Localidade: São Paulo – SP

Como foi que começou a gostar do Simple Plan? Já teve algum contato com eles?

Comecei a gostar de Simple Plan lá pro fim de 2004/começo de 2005 quando eles começaram a bombar por aqui com Shut Up! Lembro que eu gostava das músicas, mas a galera ainda tinha muito preconceito na época e eu não demonstrava que curtia haha Era logo quando o pessoal se vestia bem “emo”, colocava o sobrenome do David no nome do Orkut, tirava aquelas “selfies”com umas franjas haha (sempre quis uma selfie daquela #chateado haha). Aí eu meio que zoava, mas chegava em casa e a primeira coisa que fazia era pegar minha guitarra e ir tocar Welcome To My Life e Perfect (as mais deprês haha). Mas com o tempo eu fui amadurecendo e vi o que as músicas representavam pra mim e passei a gostar cada vez mais e hoje os sons deles estão em diversas partes da trilha sonora da minha vida.
Não tive contato nenhum com eles, mas se eu conseguisse conhecer meus ídolos ia ser sensacional! :)

Você já foi a algum show do Simple Plan? Se sim, como foi?

Eu não era tão fã de Simple Plan até alguns anos atrás, então só fui no show de 2012 aqui em São Paulo. Até tentei ir no de 2011 mas acabou não rolando. Posso dizer que foi um dos melhores e mais interativos shows que já fui na vida!
Conhecia só umas 10 músicas de todo o set deles aqui em SP e eu não sabia se iria, até alguns dias antes meu pai me mostrar o show deles do RJ no Multishow e eu ver que era uma puta vibe! Na hora comprei os ingressos e já me preparei pros próximos dias.

Lembro que fui com um amigo meu e a menina que era minha namorada na época e ainda rolou uma briga feia entre nós lá no show, no meio da pista! haha Mas isso não atrapalhou a experiência e o show valeu cada segundo e cada centavo. Espero que eles possam voltar pra cá logo porque sinto falta daquela vibe <3

Seu CD favorito é..

Meu CD favorito é o “Get Your Heart On!”, porque ele foi lançado bem na época que eu comecei a me envolver mais nesse mundo das bandas de pop rock e tal, lá pra 2010/2011. Gosto dele exatamente por ter essa pegada mais pop e calma que eu curto bastante, além de ter participações especiais foras de série. A primeira música que ouvi do CD foi “Freaking Me Out” porque uma amiga me disse que o Alex do All Time Low fazia participação e eu pirava em ATL. Aí depois já tinha o CD todo no meu celular e passava o dia todo ouvindo :)

Qual música do Simple Plan você mais se identifica?

“When I’m Gone” é a música que mais me identifico. Ela tem parte da letra que faz parecer que ela é algo mais voltado pro amor, assim como o clipe, mas pra mim ela tem um significado bem forte, de você não esperar pra fazer o que quiser e que seu destino está nas suas mãos. Mas é claro que cada fase da minha vida teve uma música do Simple Plan que marcou, e atualmente eu tenho gostado bastante de “Boom” também.

Você já fez alguma loucura pelo Simple Plan? Se sim, como foi isso?

Não fiz nenhuma loucura, AINDA. Mas quem sabe quando eles voltarem eu não pense em alguma coisa. Mas anotem aí: vou cantar com eles no próximo show que tiver aqui no Brasil ;) hahahahha

Complete: O Simple Plan salvou a sua vida porque… me fez conhecer amigos que nunca imaginei, me deu irmãos de banda e expressou da melhor forma sentimentos que eu tinha guardado. Além de eles terem mudado minha concepção do que é a experiência de um show, que não são só 5 caras tocando pra milhares de pessoas.

Gente! O Gui mandou um recado aqui para toda a galera que acessa o nosso site:

Gostaria de agradecer a galera do Simple Plan Brasil pelo espaço, vocês sempre apoiando e sendo muito legais comigo!
Queria convidar a galera pra conhecer o trabalho da Heartbreakers (Simple Plan Cover Brasil) e colar no show de aniversário da banda que vai rolar dia 12/09 aqui em São Paulo.
Vai rolar diversas surpresas, vai ter setlist escolhido pelo público e, como mudamos a formação, vai ter a apresentação do nosso novo guitarrista, o Eric, que manda muito nas guitarras!

Curtam a nossa página e fiquem ligados nas news: Simple Plan Cover Brasil


Priscilla Ribeiro

Nome: Priscilla Ribeiro
Aniversário: 28/12
E-mail: priscilla.alvesr@gmail.com
Redes Sociais: Twitter | Facebook
Localidade: São Paulo – SP

Como foi que começou a gostar do Simple Plan? Já teve algum contato com eles?

Comecei a gostar desde quando assistia clipes na MixTV. Daí uma vez estava em Campinas e comprei a revista Atrevida e tinha um pôster deles, fiquei mais interessada e comecei a pesquisar sobre a banda. Nunca tive contato com eles pessoalmente (ainda).

Você já foi a algum show do Simple Plan? Se sim, como foi?

Fui no show de 2012. Foi maravilhoso! Cantei, chorei, pulei e até peguei uma palheta do David que caiu no meu pé. Posso afirmar que foi o melhor dia da minha vida.

Seu CD favorito é..

Meu CD favorito é o Self-titled.

Qual música do Simple Plan você mais se identifica?

Para cada momento há uma música deles que descreve tudo, mas The Rest of Us é a música que me anima e que não passo um dia sem ouvi-la.

Você já fez alguma loucura pelo Simple Plan? Se sim, como foi isso?

Não chamaria de loucuras, mas lembranças relevantes, por exemplo, já fiz um seminário de inglês sobre eles e quando terminei fiz todos cantarem Welcome To My Life. E também já fiquei debaixo de sol e chuva gravando o vídeo para This Song Saved My Life, que por sinal foi muito legal conhecer vários fãs.

Complete: O Simple Plan salvou a sua vida porque… eu vivia solitária, presa em um mundo onde todos estão loucos. Eu me sentia perdida em uma vida comum, eu preferia estar em qualquer outro lugar. Mas um dia eu fui a sortuda e me tornei viciada nessa banda. E agora eu só preciso de mais um dia com eles e eu posso esperar para sempre.


Fabiana Ferreira

Nome: Fabiana Ferreira
Aniversário: 14/02
E-mail: fabi.simpleplansp@gmail.com
Redes Sociais: TwitterFacebook
Localidade: Guarulhos – São Paulo

Como foi que começou a gostar do Simple Plan? Já teve algum contato com eles?

Nossa realmente já faz algum tempo.. rsrs bom eu comecei a gostar de Simple Plan no final de 2003 ,começo de 2004. Um amigo do trabalho me mostrou o CD que ele tinha e eu pedi emprestado, escutei e achei as músicas legais. Desde esse dia comecei a pesquisar pra saber mais sobre a banda e aqui estou eu.. apaixonada por eles até hoje 11 anos depois.

Contato exatamente ainda não.. =( nunca os vi bem de perto, não tenho fotos com eles nem nunca tive M&G ou ganhei o Crew.. fui ao meu primeiro show deles em 2012 depois de 8 anos de espera… tristeza e muitas lágrimas… por que das outras vezes em que o SP veio ao Brasil eu não tinha o dinheiro para o ingresso, nem como ir ver eles em hotel ou aeroporto (fã pobre sabe como é) rsrs

Você já foi a algum show do Simple Plan? Se sim, como foi?

18 de outubro de 2012 é um dos dias que eu NUNCA vou esquecer na minha vida!! depois de 08 anos de muita espera, tristeza e muitas lágrimas pude ir ao meu primeiro Show do Simple Plan.. Ganhei o ingresso de presente e quase tive um surto de tanta felicidade, eu mal acreditava que finalmente eu poderia estar no mesmo lugar que eles!!
Quando eles entraram no palco, que eu vi um por um, e por último quando eu vi o sorriso lindo que o Pierre deu pra galera por causa da homenagem com as bexigas ai eu desmoronei… comecei a chorar feito uma criança, mas era um choro tão bom!! Eu estava tão feliz!! Muito feliz em saber que era real, que eu realmente estava ali naquele show podendo ver a banda que eu admirava a tantos anos, chorei o show quase todo e gritei tanto que fiquei uma semana sem voz.. kk mas faria tudo de novo sem nem pensar duas vezes.

Seu CD favorito é..

Vish essa pergunta é bem difícil.. porque cada CD me marcou de uma forma, cada CD tem uma música que marcou algum momento na minha vida seja bom ou ruim. Mas de todos eu tenho total certeza que : Still Not Getting Any é o meu favorito <3

Qual música do Simple Plan você mais se identifica?

Haaaa … Welcome To My Life foi escrita pra mim… essa música esta enraizada na minha alma!! ela descreve com perfeição um momento muito difícil que eu passei na minha vida. Então Welcome To My Life = minha música = minha vida <3

Você já fez alguma loucura pelo Simple Plan? Se sim, como foi isso?

O dia do show em São Paulo foi um dia louco!! Assisti em casa ao show do Rio transmitido na TV e não dormi a noite de tanta ansiedade para o dia seguinte dia do show em São Paulo. Sai de casa às 5 da manhã pra ir pra fila do show que começava as 21h30 hrs ou seja fiquei 48 horas acordada e valeu a pena cada segundo!! Mas a maior loucura que já fiz por eles é a mais querida pra mim.

Não consegui ir ver a banda no aeroporto no dia em que eles chegaram aqui no Brasil (e até hoje me sinto uma baita Loser por isso). Então um grande amigo – que consegui por causa do SP – foi pro aeroporto e conseguiu ver eles lá, tirou foto e pegou autógrafos com eles.  Falei pra ele que, por 30 minutos de atraso, eu tinha perdido minha chance em 8 anos de ver o Simple Plan e poder pegar um autógrafo do Pierre (meu querido) então meu amigo que foi pro aeroporto pegou um autógrafo do Pierre e me deu de presente!! E eu fiz o quê?? TATUEI o autógrafo do Pierre!! Sim eu morria de medo de agulhas e de fazer tatuagem, mas meu amor pelo SP é maior que qualquer medo que eu possa ter… então eu fiz a tatuagem com o autógrafo do Pierre e ela é meu maior tesouro <3 e hoje até penso em fazer outras tatoos relacionadas ao SP rsrs.

Complete: O Simple Plan salvou a sua vida porque… através da sua música e de suas letras eles praticamente me livraram da morte

A Fabi mandou pra gente uma foto com a coleção de revistas do Simple Plan que ela guardou durante esses mais de dez anos que é fã da banda:

Fabiana Ferreira - Revistas

Em 11 anos essas são algumas das minha raridades.. algumas dessas nem tem mais pra vender =) e detalhe ai nem estão todas … não couberam na foto são muitas mais <3


Mai Lima

Nome: Mai Lima
Aniversário: 12/05
E-mail: maiane.limaso@hotmail.com
Redes Sociais: TwitterFacebook
Localidade: Cotia – SP

Como foi que começou a gostar do Simple Plan? Já teve algum contato com eles?

Eu vi o clipe de Perfect na MTV, lá por meados de 2003, fiquei assistindo o clipe e me apaixonei pelo David, dai comecei a pesquisar e me encantei pela banda, encantamento esse que vem crescendo desde então. Tenho muito orgulho de acompanhar a banda por tanto tempo e ter visto o quanto eles vem amadurecendo e melhorando durante todos esses anos.

Você já foi a algum show do Simple Plan? Se sim, como foi?

Fui no show de 2012, aqui em SP. Foi o primeiro que pude ir mesmo sendo fã já a bastante tempo, e foi simplesmente incrível, não consigo nem descrever a sensação que é estar no show do SP, só estando lá pra entender, melhor dia da minha vida… Mas confesso que estou mega ansiosa para o próximo show aqui no Brasil (e uma mega vontade de conseguir ir na soundcheck, bolinar o Desrosiers haha)

Seu CD favorito é..

Com certeza o Still Not Gettin Any. Todas as músicas são incríveis, acho que é o álbum mais completo de todos, tanto que foi o melhor momento da carreira do Simple Plan.

Qual música do Simple Plan você mais se identifica?

Essa é uma pergunta difícil de responder. É difícil escolher só uma entre Shut Up, Crazy, Everytime, Addicted, Perfect, Your Love Is a Lie, One Day… mas acho que When I’m With You é a minha favorita, a música que mais fez parte da minha vida e que me marcou em tantos momentos. Sei lá, ela meio que me deixa em êxtase, é tipo aquela música que você ouve e pensar “MEU DEUS ESSA É MINHA MUSICA”

Você já fez alguma loucura pelo Simple Plan?

Não, acho que nunca fui muito de fazer loucuras, só aquelas coisas de fã, de ir ao aeroporto tietar naquela histeria toda, mas fora isso, nunca fiz nada muito louco não.

Complete: O Simple Plan salvou a sua vida porque… Eles me deram alegria nos dias em que eu só tinha tristeza, me deram amigos que pretendo levar pro resto da vida, me fizeram acreditar que eu não estou sozinha e que não preciso ser perfeita, está tudo bem em ser como se é.