Seja bem-vindo ao Simple Plan Brasil! Nós somos um site brasileiro sobre o Simple Plan com objetivo de difundir notícias, vídeos e conteúdos da banda. Este site é feito de fãs para fãs, ainda sem vínculos com integrantes da banda, mas temos apoio da Warner Music Brasil [+]

19.JPG
12.JPG
16.JPG
15.JPG
14.JPG
13.JPG

Últimas Imagens

“Ele deixou seu legado na música”, fala Chuck sobre Chris Cornell

Em maio, infelizmente o mundo do rock perdeu Chris Cornell, outro incrível talento e antes do Simple Plan subir ao palco do Download Festival em junho, em entrevista a The Pit Chuck Comeau e Sébastien Lefebvre falaram um pouco sobre o vocalista da Soundgarden (e Audioslave) e como ele teve grande influência na vida deles. Comeau inclusive contou que quando tinham 13 anos, o nome de sua banda com o Pierre era muito parecido com Soundgarden. O baterista finalizou dizendo que Cornell deixou o seu legado na música.

Mas além disso, a dupla também falou sobre a diferença entre um setlist de festival e de um show próprio, e as mudanças que ocorreram no mundo do rock nesse tempo em que os caras do Simple Plan estão juntos. Assista abaixo o vídeo da entrevista e a tradução feita pela nossa equipe:

TP: Como a setlist de um festival se diferencia de uma tocada em um show próprio?

Seb: Chegamos a um ponto, depois de 5 álbuns, onde “temos que tocar essa” e “temos que tocar essa também”. E assim o setlist acaba se montando sozinha…
Chuck: Nós sempre acabamos ajustando porque temos tempos diferentes, tipo uma hora, uma hora e quinze minutos ou 45 minutos… Sempre ajustamos dependendo do festival. Mas é sempre divertido, sempre focamos em fazer os fãs felizes e tocar músicas que causarão uma boa reação. Geralmente acaba sendo uma música que tem bastante energia, as mais inspiradoras, que fazem a multidão pular. Só tocamos os nossos grandes hinos nos festivais. Esse é o segredo.

TP: A banda Prophets Of Rage estão no Download neste ano… Tem alguém da lineup que vocês gostariam de formar um supergrupo?

Chuck: Nós fizemos parcerias com algumas bandas que estão aqui. Joel do Good Charlotte, no primeiro álbum. Foi bem firme.
Seb: Pierce The Veil está no clipe de Boom… Eu gostaria muito de vê-los tocar, mas eles estão escalados pra tocar em outro palco no mesmo horário em que a gente toca… Droga!
Chuck: A Day To Remember seria ótimo! Eles têm um grande vocalista e músicas bem legais, então seria divertido.

TP: Nós infelizmente perdemos a lenda do Download nesse ano: Chris Cornell. O que ele significava pra vocês como artista?

Seb: Acho que pra qualquer um da nossa idade, acabou sendo fã do Chris em algum momento na vida. É uma tragédia quando qualquer pessoa se vai, especialmente na indústria da música. É um grande tormento. Acabamos tendo só a música da pessoa como lembrança.
Chuck: Quando adolescente, eu tinha Pearl Jam, Soundgarden e toda essa geração. Foram as grandes influências antes de eu descobrir o pop punk e o pop rock. Quando formamos a banda com Pierre, nosso primeiro nome era pra ser “Stonegarden”, fazendo alusão ao Soundgarden…
Seb: Super original! (risos)
Chuck: Nós tínhamos 13 anos! Mas só pra relacionar, ele significava algo para a banda, sobrevivia de música. Realmente quebrou meu coração saber do que aconteceu, mas como o Seb disse, ele deixou seu legado na música.

TP: Vocês são uma banda há quase 20 anos. Como o mundo do rock mudou durante esse tempo?

Seb: O metal e o pop punk mudaram várias vezes nos últimos tempos. Foi bom pra nós porque ainda continuamos tocando nas rádios. Não é muito o caso agora, mas festivais como esse mostram como o gênero ainda é popular e provavelmente sempre será. E mesmo tocando no rádio ou não, é bom saber que as pessoas respeitam o gênero, sentem a energia e a honestidade da banda que está tocando.
Chuck: Isso mostra muito o quão resiliente a música é. Existe bastante gente que ainda se importa com isso e que são dedicadas. Acho que quanto mais tempo de carreira você tem, você ganha mais credibilidade, você continua conquistando novos fãs. Isso vai lapidando e fortalecendo a herança que muitas bandas que estão deixando por aí. Há muitas pessoas jovens que acabam descobrindo músicas antigas e voltam no tempo, talvez eles fossem muito novos quando as músicas foram lançadas, mas com o Spotify, por exemplo, você pode descobrir de tudo, ouvir músicas antigas e até se tornar um fã! É algo sempre contínuo!

    Chuck com cabelinhos brancos. 😻


© 2005 - 2017 - Alguns direitos reservados | Desenvolvido por Kézily Correa